[O poder das viagens na transformação e autoconhecimento ]

Desconectar-se para se reconectar; desconstruir para construir

Você vive o presente pensando no futuro e remoendo o passado?

As cobranças do dia-a-dia, a vida agitada, o impacto das informações que chegam de todos os lados faz com que as pessoas não se permitam viver o AGORA, o HOJE, e estejam sempre em busca de algo que ainda não têm. O resultado disso é um sentimento de insatisfação infinita.

Somados à insatisfação pessoal está a vida em uma sociedade em constante busca pelo novo e que pressiona pelo perfeccionismo, como se fossemos capazes de nos aperfeiçoar e de inovar com o piscar dos olhos. O resultado não poderia ser outro: ansiedade, depressão e doenças como a Síndrome do Burnout, que provocam esgotamento físico e mental, onde a pessoa literalmente não consegue se “desligar”. Segundo pesquisa (Isma-BR), nove em cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade, do grau mais leve ao incapacitante, quase metade (47%) sofre de algum nível de depressão.

É apenas natural que, num cenário como este, as pessoas estejam – cada vez mais – buscado um novo significado para a vida, um propósito, algo que as RE-conecte com o seu eu, com aquilo que realmente as levará a plenitude e a felicidade. E as viagens de experiência com foco em transformação e autoconhecimento se mostram fortes aliadas nessa busca.

O contato com outras culturas, novos costumes, novas comidas e novos hábitos, aliado a momentos de introspecção e reflexão têm um grande poder de autodesenvolvimento. Momentos assim permitem que a vida seja vivenciada fora do convencional, fora do piloto automático, com olhar no presente. É o famoso desconectar-se para se reconectar.

Vários são os destinos procurados para trabalhar essa busca pelo autoconhecimento e pela reconexão. Um dos principais na América do Sul, é o Peru.

O Peru é um país ancestral, com uma energia única, cheio de mistérios e que carrega consigo uma cultura milenar que é a cultura inca. Povo que soube harmonizar sua geografia diversificada para a sua própria sobrevivência, com serras, montanhas, clima frio, rios, selva e cuja cultura permanece ainda viva, a cada vilarejo, a cada habitante e em seus costumes.  Cultura que até hoje influencia a forma como vivemos.  Um país com paisagens exuberantes, cheias de cores, sons, e de uma gastronomia incrível. 

Por tudo isso, o Peru é um lugar perfeito para viver uma experiência diferente, meditar, desconstruir para reconstruir, se conectar e se autoconhecer.

A Muni Life Trips, especializada em roteiros que trazem experiências transformadoras, tem um roteiro especial para este destino.

Conheça um pouco mais sobre como será essa vivência transformadora no Peru.

Clique Aqui e saiba mais.

 

“Mais que uma viagem, um mergulho.

Um mergulho dentro de uma das culturas mais ricas do mundo, com suas raízes incas e seu povo que vive e abraça a potência de sua ancestralidade.

Um mergulho em tradições milenares que influenciaram e influenciam a forma como vivemos em sociedade.

Um mergulho na gastronomia mais rica e saborosa, uma mistura com influência hispana, árabe, japonesa, chinesa, africana, italiana e francesa.

Um mergulho nas ruínas que integram história, tecnologia e inteligência e nos fazem enxergar de forma única a força das civilizações que ali viveram e vivem.

Um mergulho regado a yoga, meditações, ancestralidade e ao mundo simbólico que carregamos.

Um mergulho em si mesmo, em si mesma.”

Leo Vitorino, parceiro da Muni e inspirador desta experiência única pelo Peru.